clicRBS
Nova busca - outros
Autor: TVCOM RS
23/04/2014 às 10:55

Conversas Cruzadas - Quais as consequências da transferência de policiais do interior para a capital durante o mundial? - Bloco 1 - 22/04/2014

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

A partir de 15 de maio, 1 em cada 5 policiais militares do estado estará em Porto Alegre. Com a ampliação do efetivo da Brigada Militar para reforçar a segurança na Copa, vão desembarcar em POA cerca de 2 mil PMs vindos do interior. Haverá um efetivo de quase 5 mil brigadianos na sede gaúcha do mundial, entre aqueles que atuarão no evento e os responsãveis pelo policiamento regular na cidade. O desfalque em pelotões de outras cidades causa apreensão na categoria, que teme pelo excesso de jornada. Entre os prefeitos também há preocupação porque eles querem ver como será resolvida a falta de efetivos e como irão proteger os municípios menores. Santa Maria, por exemplo, que não é um pequeno município, mas é menor que Porto Alegre, teve aumento de roubos a comércios e residências, além de 28 assassinatos em 4 meses. Santa Maria vai ceder 200 PMs do batalhão de operações especiais, os mais bem treinados, à segurança da Copa. Para debater como será efetivada essa transferência de policiais, esta operação Golfinho para a Copa do Mundo no inverno, as possíveis consequências e reflexos pelo interior, começa o Conversas Cruzadas de hoje. Foram convidados o coordenador da área de segurança pública da Federação dos Municípios do RS Edivilson Brum, o comandante-geral da Brigada Militar coronel Fábio Duarte Fernandes e o superintendente técnico da FAMURS Mário Nascimento.

Tags: TVCOM RS

Vídeos Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)