clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Itapema
11/01/2016 às 14:04

Carpinejar: 11/01/2016

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Participação de Fabrício Carpinejar no programa Itapema Trends. Todas as segundas-feiras às 13:00.

 

CÃIBRA NA HORA H

Fabricio Carpinejar 

E quando você sente cãibra na panturrilha no meio do sexo, o que você faz? 

A) Tenta terminar logo. 

B) Mistura o gemido com o grito de dor e segue o baile. 

C) Inventa uma nova posição do Kama Sutra, em que não precisa de uma das pernas. 

D) Avisa o que está acontecendo. 

A cãibra pode ser entendida como uma broxada. Uma desculpa furada para a falta de tesão. Mas, se não socorrer rapidamente, pode levar a broxada mesmo, pois tira o foco e elimina o prazer do momento. 

Ela também é sinônimo de velhice. Você corre o risco de ser zoado relação afora e de sua companhia perguntar, no próximo encontro, se trouxe a bengala. 

Há um preconceito terrível com a cãibra na transa. Isso quando ela não acontece no maxilar e não tem nem como pedir ajuda.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo