clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Itapema
14/12/2015 às 15:00

Carpinejar: Sem querer

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

 Fabricio Carpinejar 

Não existe telefonar sem querer para uma ex, um ex ou um caso. Para um amigo, até vai. Mas para quem você não fala mais e jurou jamais voltar a falar? Como que surgiu o número na sua tela, acionou do nada? Apertou um botão sem querer e chama justamente aquele contato maldito, aquele contato que não aparece nas últimas chamadas, aquele contato que não liga há meses? Conta outra.

No mínimo, foi um ato falho. Um ato onde o inconsciente conhece o motivo. 

Telefonar sem querer para um antigo romance é mentira de criança. Sinistro é não ser atendido e ainda enviar mensagem justificando. É redundar o erro, fortalecer o erro, puxar conversa de qualquer jeito. 

O orgulho mente mal. Como explicar uma chamada por engano até cair na caixa de mensagens? Muito tempo para não perceber. 

Ou quando tem duas chamadas não atendidas: duas vezes engano? Que engano experiente! 

Se foi mesmo acidente, tem que entender que alguém sairá machucado. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo