clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
24/02/2014 às 08:55

Ouça entrevista com Fernando Martins, engenheiro responsável pelo Hospital de Clínicas. 24/02/2014

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

A obra que vai ampliar em 70% a capacidade do Hospital de Clínicas em Porto Alegre está parada há tres meses. Parecer da Comissão de Análise Urbanística da prefeitura, que reúne secretarias envolvidas e arquitetos e engenheiros, entendeu que os dois prédios anexos que serão construídos poderão alterar o paisagismo da área. A sugestão apresentada pelo conselho foi transferir a construção para outro local, o que seria inviável, conforme relatou no Gaúcha Atualidade o engenheiro responsável pelo Hospital de Clínicas, Fernando Martins.

Na terça-feira passada, foi protocolado em regime de urgência na Câmara de Vereadores, projeto de lei complementar para votar a autorização para que a reforma de ampliação ocorra junto ao prédio principal. A secretária de licenciamento e regulamentação fundiária da prefeitura da capital, Ana Pellini, reforçou que não há como fazer a reforma em outro local.

A secretária acredita que o projeto poderá ser aprovado em até 30 dias. A construção dos dois anexos vai ampliar a Emergencia do Clínicas de 1,7 mil para 5 mil m², o que significa mais 150 leitos de internação o que poderá até triplicar a capacidade da Emergência. A partir da autorização dos vereadores, a obra deverá estar concluída em três ano e meio. R$ 408 milhões já estão liberados para o trabalho. 

Leia Mais:

Impasse emperra há três meses obra para ampliar atendimento no Hospital de Clínicas

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo