clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
01/11/2013 às 08:38

Ministro da Justiça admite chamar secretários de outros estados para avaliar atuação em protestos. 01/11/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou na noite desta quinta-feira (31) um conjunto de medidas para coibir atos de vandalismo durante manifestações no Rio de Janeiro e em São Paulo. O anúncio foi feito após reunião com os secretários de segurança pública dos Estados do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e de São Paulo, Fernando Grella. 

As ações incluem intensificar o trabalho de inteligência das polícias, para prevenir e reprimir ações abusivas, como depredações. Também, a criação de um protocolo conjunto sobre como deve ser a atuação das polícias nos protestos. O terceiro ponto é promover alterações na legislação atual, inclusive com endurecimento das penas contra vândalos e contra aqueles que ferirem policiais. Por último, a criação de grupos estaduais para acompanhar as ações das autoridades de segurança, para garantir que os atos de vandalismo sejam punidos e a liberdade de manifestação, garantida. 

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, Cardozo admitiu chamar secretários de outros estados, fora do eixo-Rio-São Paulo, para avaliar a atuação das forças de segurança durante protestos no país e analisar uma possível integração com a Polícia Federal. O ministro destacou que representantes do Rio Grande do Sul e Minas Gerais, por exemplo, podem ser chamados. Ele ressaltou a necessidade de criar uma regra de intervenções policiais, como se fosse um protocolo de atuação, até mesmo interagindo com líderes de manifestantes.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo