clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
07/10/2013 às 08:49

Protestos contra a Copa foram criação da mídia, defende ministro do Esporte. 07/10/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O ministro do Esporte defendeu hoje que os protestos contra a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil foram criação da mídia. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, Aldo Rebelo ressaltou que as reivindicações dos protestos de junho eram por melhores condições de saúde, educação, segurança e transporte público. Para o ministro, a população não é contra a Copa; a questão foi destacada porque, segundo ele, havia um interesse em usá-la pra fazer oposição ao governo.

"A mídia estimulou bastante. Eu via na Globonews os jornalistas transmitindo e quase que estimulando e convocando as manifestações, isso aconteceu. O Jornal Nacional e as novelas sendo interrompidos para transmitir as manifestações. Isso eu acompanhei, isso eu vi. Quando eu fui presidente da UNE fiz muitas manifestações contra a ditadura e nunca vi nenhuma rede de televisão transmitir nenhum momento".

O ministro do Esporte está em Porto Alegre com uma comitiva da Fifa e do Comitê Organizador Local da Copa de 2014 para vistoriar as obras do estádio Beira-Rio. Serão recebidos também o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e os membros do COL Ronaldo e Bebeto. O grupo também verá os trabalhos de duplicação da Avenida Beira-Rio. 

Aldo Rebelo salientou que visita as obras dos estádios da Copa a cada três meses para verificar se a execução dos projetos condiz com as informações recebidas pelo ministério.

"Veremos se o estádio mantém o índice de evolução mês a mês que assegure a conclusão das obras em dezembro, que é o tempo que imaginamos para a entrega do Beira-Rio, para que possa ser submetido aos eventos-teste e aos planos operacionais". 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo