clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
04/10/2013 às 08:47

Gaúcha Atualidade: ouça a entrevista com Edson Cunha, presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores. 04/10/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O custo da carteira de motorista vai ficar até 15% mais alto a partir de janeiro de 2014. O Detran deve assinar uma portaria ainda em outubro para regulamentar as condições para o uso de simuladores de direção nas autoescolas. 

O aparelho, que recria 26 situações, entre elas dirigir na chuva, fazer curvas fechadas e até dirigir alcoolizado, será obrigatório antes das aulas práticas para tirar a carteira de motorista. Serão necessárias cinco aulas com meia hora de duração cada.

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, o diretor-presidente do Detran disse que, inicialmente, os equipamentos serão utilizados na formação de condutores que a fazem a primeira habilitação, na categoria B (automóvel). O uso de simuladores deverá ser estendido a todas as categorias.

Conforme Leonardo Kauer Zinn, o Detran ainda não concluiu o estudo que vai definir o impacto no custo total da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele confirmou, no entanto, a projeção de que o gasto dos condutores a partir de janeiro do ano que vem pode chegar a 15%. 

"O percentual de aumento deve ser de no máximo 15%, mas acredito que não chegue a isso".

Hoje, o custo mínimo da primeira Carteira de Habilitação para carro no Rio Grande do Sul é de R$ 1.113, conforme o Detran. Com o aumento de 15%, o investimento dos condutores poderá chegar a R$ 1279,80.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), somente o custo com a aquisição dos equipamentos supera os 31 milhões de reais. Conforme Edson Cunha, há ainda o gasto necessário com a manutenção dos simuladores e aluguel do software das máquinas. O Estado tem 273 CFCs. A estimativa é que cada centro compre três simuladores. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo