clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
14/08/2013 às 10:26

Presidente da Trensurb se diz satisfeito com preço de licitação para compra de 15 trens, apesar de processo ter apenas um concorrente. 14/08/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O governador Geraldo Alckmin, ao anunciar na terça-feira que processará a Siemens por causa do cartel do metrô e do trem em São Paulo, também acusou o governo federal de comprar trens para Porto Alegre e para Belo Horizonte com apenas um candidato na licitação. Conforme o presidente da Trensurb, Humberto Kasper, na capital gaúcha, o consórcio vencedor é formado por 87,3% da Alstonm e 12,7% da CAF. Em Belo Horizonte, o consórcio é ao contrário: a maior parte da CAF e o restante da Alstom.

Kasper ressalta que para a compra foi realizado o Regime Diferenciado de Contratações com a possibilidade de consórcio, mas com exigência de 20% dos componentes terem fabricação nacional. O presidente da Trensurb diz que apesar de ter apenas uma concorrente no processo, foi realizada uma audiência pública, onde participaram mais de 10 empresas fabricantes. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, Kasper ressalta que a compra de vagões, no final do ano passado, por R$ 3,8 milhões cada, em um total de R$ 221 milhões para 15 trens, foi um bom negócio.

" Ficamos satisfeitos com a licitação, porque foi um preço considerado pelo mercado nacional dos mais baixos dos últimos anos", destacou.

Kasper acrescentou ainda que a empresa foi criticada por ter jogado para baixo o preço, apesar de não citar outro valores como referência. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo