clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
18/07/2013 às 08:50

Prefeito de Rolante corta próprio salário para garantir atenção à população. 18/07/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O prefeito de Rolante, Ademir Gonçalves, reduziu o próprio salário para garantir a prestação de serviços públicos à população de 21 mil habitantes. O prefeito, que recebia R$ 12 mil, hoje recebe R$ 10.800,00. Também tiveram redução nos vencimentos o vice-prefeito, Régis Zimmer,  e os secretários. A estimativa de economia com o corte dos salários é de R$ 400 mil por ano. O objetivo é reduzir custos e estar de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

- Para cortarmos e dar resultado temos que dar exemplo. Cortamos o nosso salário, cortamos dos secretários, cortamos os CCs, por necessidade. Temos que ter recursos para investir em áreas fundamentais.

Gonçalves ainda dispensou 18 funcionários em cargos de confiança e pretende cortar ainda mais. A meta é diminuir dos atuais 60 para 30 CCs. O prefeito também diminuiu o número de secretarias. Ele e o vice assumiram a gestão de três pastas.

- Das 12 secretarias, ficamos com sete. Assumi duas secretarias, o vice mais uma. Eu administro Obras e Fazenda. Chego às 6h30 na prefeitura e saio a hora que dá para sair. A gente usa um pouco mais do nosso tempo para cobrir o trabalho que os secretários faziam antes.

O prefeito espera concluir os quatro anos de gestão com uma economia de R$ 4 milhões. Além dos cortes de salários, CCs e de secretarias, a prefeitura está economizando em energia elétrica (10%), combustível (25%), manutenção de veículos (30%) e telefone (10%). Na avaliação do prefeito, o que foi cortado até agora na gestão do município eram recursos desperdiçados.

Uma das motivações da política de redução é a perda do município com a diminuição do repasse do Fundo de Participação dos Municípios. Gonçalves disse ao Gaúcha Atualidade que, somente no mês de junho, Rolante perdeu 17% do repasse do Fundo devido ao corte de IPI para veículos.

- Essas medidas tomadas pelo governo federal impactam no aumento do número de veículos na cidade grande e tiram recursos da saúde e da educação dos pequenos municípios. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo