clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
07/06/2013 às 09:23

Qualquer pessoa que possa prejudicar as investigações na Procempa será afastada. 07/06/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O presidente interino da Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre (Procempa), Maurício Gomes da Cunha, foi empossado nessa quinta-feira (6). Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, disse que a partir de hoje pretende dar início às sindicâncias para investigar irregularidades na empresa. Cunha disse que a orientação do prefeito José Fortunati é de que ele permaneça à frente da Companhia por um período de até 40 dias para reorganizar a situação da Procempa.

- É uma interinidade, estaremos revisando procedimentos, reorganizando áreas em que houve problemas. Se houver necessidade de afastar pessoas, tenho carta branca do prefeito no sentido de que temos que atuar com todas as medidas necessárias. Qualquer pessoa que possa atingir a idoneidade das investigações será afastada.

Maurício Gomes da Cunha reforçou que nenhum dos nomes apontados pela inspeção especial ocupa hoje algum cargo de chefia na Procempa. O presidente interino destacou a excelência técnica da Companhia e a importância da continuidade do trabalho para o município.

- O trabalho deve continuar, nunca esteve sob questionamento. Minha missão é devolver a Companhia ao próximo presidente caminhando sobre os trilhos e dar serenidade para a casa trabalhar tranquilamente. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo