clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
28/05/2013 às 09:30

Secretário de Políticas sobre Drogas defende conjunto de ações de combate ao tráfico. 28/05/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O combate ao tráfico de entorpecentes depende de um conjunto de ações. A avaliação é do secretário Nacional de Políticas sobre Drogas. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, Vitore Maximiano avaliou a lei antidrogas aprovada na semana passada na Câmara dos Deputados. Para o secretário, o aumento de penas para pequenos traficantes apenas contribui para que eles sejam atraídos pelas organizações criminosas. Vitore Maximiano defendeu reforço na fiscalização nas áreas de fronteira, para evitar a entrada de drogas no país, e o acolhimento de dependentes químicos na rede de saúde pública.

- O tratamento no país deve ser realizado em ambiente ambulatorial, em que os usuários dependentes podem e devem buscar serviço de saúde na sua cidade. Temos firmado pactuaçõespelo Plano Crack, É Possível Vencer. Até agora, 17 estados já pactuaram com o governo federal, para a instalação de equipamentos de saúde para atender esse público. Em contrapartida estamos pactuando com municípios situados nessas mesmas regiões do país. Desta forma, queremos chegar em todos os municípios. Onde tiver uma pessoa interessada em buscar tratamento, ele será realizado.

O secretário Nacional de Políticas sobre Drogas também comentou a polêmica internação involuntária, instuída pela revisão da lei. Para Vitore Maximiano, a medida só deve ser adotada para a desintoxicação dos dependentes químicos. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo