clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
20/05/2013 às 08:42

Presidente da ATP diz que a situação das empresas de ônibus em Porto Alegre está se tornando insustentável. 20/05/2013 - 8h20

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

As empresas de ônibus de Porto Alegre alegam prejuízo de mais de R$ 20 milhões com o não reajuste do valor da tarifa do transporte público. Hoje, a Associação dos Transportadores de Passageiros publica nota nos jornais na qual chama a atenção para ameaça de instabilidade no sistema de transporte coletivo. O motivo é a decisão sobre a tarifa de ônibus de Porto Alegre, cujo valor ficou em R$ 2,85 e não em R$ 3,05.

A ATP também protocola hoje um pedido na prefeitura para suspensão do pagamento do Imposto Sobre Serviços e da Taxa da EPTC. As empresas afirmam estar arcando com os impactos da elevação de custo há mais de um ano, desde março de 2012. Segundo o presidente da ATP, Ênio dos Reis, a situação financeira das empresas ficará ameaçada se nos próximos 30 dias não houver uma definição.

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, ele afirmou que o quadro está se tornando insustentável. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo