clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
24/05/2013 às 07:45

"Pauta é dissimulada, não há intenção de privatizar a Carris", diz Cappellari. 24/05/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Funcionários da empresa Carris impedem, nesta manhã, a saída dos coletivos da garagem no bairro Partenon, em Porto Alegre. Eles estão paralisados para negociar uma pauta de reivindicações. Os manifestantes protestam contra as demissões por justa causa e o que chamam de desvalorização da categoria, além de criticar a administração da Carris. Não há previsão para o fim do protesto e uma assembléia deve ser realizada durante a manhã.

Em entrevista ao Gaúcha Hoje, o presidente da EPTC, Vanderlei Capellari, se disse surpreso com a paralisação. Para ele, a pauta é dissimulada, pois não há nenhuma intenção do governo municipal de privatizar a Carris.

- Há um grupo que quer destruir a Carris. Esse grupo é o que está lá hoje, com essa pauta dissimulada para tentar o apoio da população.

Segundo o presidente da EPTC, a manifestação é organizada por um grupo dissidente do Sindicato dos Rodoviários, que não ganhou a eleição. Capellari afirma que eles não têm representação e estão fazendo o movimento para que possam ter algum apoio dentro da própria categoria.

- Tenho certeza de que a categoria é contrária a este movimento. É um grupo de baderneiros. Estão lá para prejudicar a população de Porto Alegre e a nossa companhia Carris, que é uma empresa pública e tem um excelente conceito dentro da população.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo