clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
29/04/2013 às 11:04

Em coletiva, PF não divulga nomes, mas afirma que propina ia de "presentes até milhares de reais". 29/04/2013

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (29), a Polícia Federal detalhou a Operação Concutare, que resultou na prisão dos Secretários do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul e de Porto Alegre e de outras 16 pessoas. As investigações iniciaram em junho de 2012 e foram identificas irregularidades na liberação de licitações ambientais, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. São 29 mandados de busca e apreensão e durante a coletiva, os delegados não descartaram novas prisões. A Polícia Federal não divulgou os nomes dos presos, pois o caso tramita sob segredo de Justiça. Confira a íntegra da coletiva. 

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo