clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
21/03/2013 às 09:06

"Não temos nem um centavo" diz Fortunati sobre subsídio na tarifa do transporte coletivo. 21/03/2013 - 8h20

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Os prefeitos das principais capitais do país apresentaram na última quarta-feira (20) ao Congresso Nacional uma carta de reivindicações para serem discutidas dentro do novo pacto federativo. Em seu pronunciamento, Fortunati destacou pontos relacionados ao transporte público.

Em Porto Alegre, a EPTC propõe um reajuste de 6,5% para passagem de ônibus. Se aprovado, o valor da tarifa ficará entre R$ 3 e R$ 3,05. O índice será avaliado em reunião do Conselho Municipal de Transporte Urbano. Os 21 integrantes do CONTU vão avaliar a planilha de cálculo desenvolvida pela EPTC. Caso seja aprovada, o reajuste segue para sanção do prefeito.

O índice de 6,5% é menos da metade do solicitado pelas empresas de ônibus, que pediram reajuste de 14,8%, o que elevaria a tarifa para R$ 3,30. Caso o valor seja reprovado, a EPTC precisará refazer os cálculos e apresentar novo índice para avaliação do conselho. No cálculo, a EPTC já leva em conta as orientações expedidas pelo Tribunal de Contas que determinou mudanças na composição da planilha de custos.

Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, o prefeito José Fortunati destacou que, em Porto Alegre, não há subsídio na tarifa. Em São Paulo, por exemplo, esse valor chega a R$ 1 bilhão ao ano.

- Grande parte das capitais brasileiras tem como hábito repassar recursos do orçamento para subsidiar a tarifa do transporte coletivo. É um peso que acaba se tornando muito forte tanto no bolso do governante, e especialmente no do usuário.

Segundo ele, para qualificar o transporte coletivo, permitir que as pessoas paguem uma passagem mais barata e tirar automóveis das ruas, é fundamental uma política muito forte voltada para o incentivo do transporte público coletivo.

Fortunati falou também sobre a obras que estão sendo realizadas em torno da Usina do Gasômetro e garantiu que a cidade não irá perder com isso, muito pelo contrário, sairá valorizada com o procedimento.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo