clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
11/01/2013 às 08:47

Odir Tonollier reafirma que o Estado não tem como pagar o piso de R$ 1.567. 11/01/2013 - 8h18

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

O Ministério da Educação anunciou reajuste de 7,97% para o piso nacional dos professores. O salário base para os professores passa para R$ 1.567. O ministro Aloizio Mercadante afirmou que os estados e municípios precisam respeitar o valor, mesmo com a queda de receita. O secretário da Fazenda, Odir Tonollier, reafirmou que o Governo do Estado se dispõe a pagar o piso, corrigido apenas pelo INPC, valor que chegaria a R$ 1.260 em 2014. Pela lei, o aumento é concedido com base no custo por aluno do Fundeb. - Nesses quatro anos, nós chegaremos a um aumento, um acréscimo no salário do magistério de 76%. Enquanto o INPC, no mesmo período, imagino que vai chegar até 25% - disse o secretário da Fazenda, Odir Tonollier, em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo