clicRBS
Nova busca - outros
Autor: Rádio Gaúcha
30/01/2013 às 11:27

Adeli lembra boate irregular em Porto Alegre fechada e reaberta pela Justiça, através de liminar, no mesmo dia. 30/01/2013 - 8h18

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Um jogo de empurra marca as explicações sobre a tragédia em Santa Maria. Os Bombeiros negam que as falhas fossem de responsabilidade do órgão e afirmam que o estabelecimento podia funcionar mesmo com o alvará de prevenção e proteção contra incêndio vencido. O governador Tarso Genro chegou a desautorizar as manifestações dos Bombeiros. Já o prefeito Cezar Schirmer liberou o acesso a documentos referentes à boate Kiss. Disse que a avaliação das condições de segurança foi atestada pelos bombeiros. O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Sérgio Abreu, divulgou nota oficial. No texto, deixou a entender que a culpa seria dos proprietários do empreendimento. O delegado regional de Santa Maria, Marcelo Arigoni, afirma que a boate funcionava de forma irregular e agora vai investigar também se houve omissão dos órgãos públicos. Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, o presidente do PT em Porto Alegre, Adeli Sell, lembrou de um episódio em 2003, quando era secretário da Smic. Na ocasião, ele pediu a interdição da boate Ice, já extinta, por não apresentar condições de segurança para funcionamento. O local tinha apenas uma porta pequena e alvará falsificado. A casa foi fechada e reaberta pela Justiça, através de liminar, no mesmo dia. Adeli também fez críticas ao desembargador Luiz Felipe Difini por ter concedido a liminar à boate irregular. Prefeitura foi condenada a indenizar magistrado.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo