Autor: Rádio Gaúcha
22/11/2012 às 14:44

"Eu não cometi qualquer ilícito no ano de 2012", defende Tarcísio Zimmermann. 22/11/2012 - 8h21

Enviar:Enviar:
Compartilhar:
twitter
Avaliar:starstarstarstarstar
views0comments0
Embed:

Enquadrado na chamada Lei da Ficha Limpa, por ter participado de inauguração pública quando foi candidato à prefeitura em 2004, o atual prefeito de Novo Hamburgo revelou que ficou surpreso com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de negar o registro de sua candidatura. Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, Tarcísio Zimmermann disse que o aconteceu em 2004 não teve má fé e ressaltou que não houve qualquer ato ilícito em 2012. - O tema no qual eu estou em curso está longe de ser um tema usualmente tratado no âmbito da Ficha Limpa. O que aconteceu em 2004 foi um deslize, um erro nosso, mas não teve nenhuma má fé, não teve nenhum ato criminoso - destacou - Eu não dei causa nenhuma à nulidade em 2012. O que eu fiz em 2012 foi utilizar o direito constitucional do devido processo legal para buscar um direito que eu julgava meu. Eu não cometi qualquer ilícito no ano de 2012. E não tenho culpa se os tribunais não julgaram em tempo hábil.

Áudios Relacionados

Anterior
Próximo
Comentários

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Buscar:  

Envie seu arquivo